Veja como fazer empréstimo com nome sujo rápido e seguro em até 24h

Há diversas situações em que torna-se necessário levantar quantias relativamente elevadas de dinheiro em pouco tempo. Gastos com saúde, aquisição de bens, quitação de dívidas, financiamento de estudos e viagens são os motivos mais comuns para as pessoas buscarem um empréstimo.

Veja também:

Empréstimo na Lendico: Veja como solicitar o seu

Confira como solicitar um empréstimo para score baixo

Empréstimo Consignado do Banco Inter possui uma das menores taxas

Por geralmente ser uma opção utilizada em caráter emergencial torna-se necessário que o crédito apresente boas condições para contratação, como: uma rápida liberação, que de preferência não supere 24 horas, e baixas taxas de juros. Caso não se tenha bastante cuidado ao analisar essas duas condições é possível que o contratante se prejudique ainda mais financeiramente.

Há várias modalidades de empréstimo, destinados aos mais variados tipos de clientes, listamos abaixo os mais favoráveis e fáceis de se obter:

Empréstimo pessoal: este é um dos mais procurados por ter sua liberação extremamente rápida, uma vez que não é necessário comprovar a forma que o dinheiro será destinado. Ademais, suas taxas de juros são significativamente inferiores aos do cheque especial.

Empréstimo consignado: possui uma taxa de juros inferior ao empréstimo pessoal, pois tem um risco baixíssimo para a instituição, uma vez que é cobrado diretamente na folha de pagamento. Contudo, essa modalidade só está disponível para servidores públicos, aposentados (geralmente, até 80 anos), militares, pensionistas ou trabalhadores de empresas conveniadas com o banco.

Cartão de crédito: um dos mais conhecidos e temidos tipos de crédito. O empréstimo através do cartão de crédito é extremamente vantajoso para quem precisa de dinheiro em um prazo muito curto de tempo, entretanto antes de realizá-lo, é imprescindível que você se certifique que será capaz de pagar integralmente a fatura, pois esta é uma das principais razões de endividamento no país, uma vez que os juros rotativos geralmente são muito altos.

Cheque especial: uma das formas de crédito rápida mais usadas e conhecidas, pois ele é automaticamente somado ao valor da conta corrente, entretanto é pouco recomendado por conter taxas de juros altíssimas.

Como conseguir um empréstimo rápido?

Em primeira análise, um empréstimo pode parecer uma resposta fácil e prática para todos os seus problemas financeiros, o que não deixa de ser verdade, entretanto é necessário julgar muito cautelosamente os prós e os contras de uma concessão de crédito, para que o alívio financeiro trazido por ele não se torne uma enorme dor de cabeça no futuro. Por isso, a primeira coisa a se pensar é qual a quantia necessária e em quanto tempo ela poderá ser quitada.

A forma mais segura e rápida de se conseguir um empréstimo é através de bancos e financeiras, pois são instituições que possuem grande credibilidade e confiança. Além disso, elas são acompanhadas de perto pelos órgãos reguladores e devem seguir todas as leis de defesa do consumidor. Bem diferente dos conhecidos agiotas, que praticam empréstimos ilegais a taxas de juros, geralmente, absurdas.

Caso já possua uma conta corrente em algum banco, é recomendável que você procure realizar a concessão de crédito através dele, pois essas instituições tendem a facilitar o processo para seus clientes, uma vez que já possuem suas informações armazenadas. Assim, como a instituição já “conhece” o cliente, o empréstimo torna-se menos arriscado, diminuindo as taxas de juros. Outra vantagem de realizar um empréstimo através de um banco é o fato de que alguns oferecem créditos pré-aprovados, dando acesso imediato do dinheiro ao cliente.

Entretanto, quando se busca valores superiores aos aprovados previamente, poderá demandar um pouco mais de tempo, levando o crédito a só ficar disponível dentro de 24 horas.

As financeiras também são instituições privadas, autorizadas a fazer empréstimos com cobrança de juros, entretanto, diferentemente dos bancos, não podem desempenhar tarefas como o oferecimento de contas correntes. Nelas, também há uma análise de crédito, mas com burocracia bem menor do que a dos bancos, no caso de clientes não correntistas. 

Contudo, as taxas de juros das financeiras geralmente são superiores às dos bancos por ter um risco relativamente maior, uma vez que não possuem os dados adquiridos pelos bancos através dos serviços financeiros.

Onde conseguir um empréstimo fácil?

Atualmente, já é possível realizar empréstimos no conforto de nossas casas, sem demandar muito tempo e com pouca burocracia, todavia urge que se tome bastante cuidado para não cair em golpes, cada vez mais comuns na internet com o avanço dos cibercrimes. Desta forma, é importante realizar uma vasta pesquisa e recorrer sempre a fontes confiáveis de informação.

Além dos bancos e seguradoras já conhecidos no mercado, há também novas empresas disponíveis, como o: Bom pra Crédito, Creditas, Lendico, Geru, Simplicit e Just. Todas essas opções oferecem simuladores que elencam detalhes sobre as parcelas e juros cobrados em cada empréstimo. O recomendável é que você analise cuidadosamente as propostas, prazos e taxas de juros de todos, a fim de encontrar qual delas oferece o serviço mais vantajoso para você.

Geralmente o processo de solicitação nesses serviços online pode ser feito entre 5 e 10 minutos e, caso aprovado, o dinheiro estará na conta dentro de 24 horas.

Qual o melhor site para realizar empréstimos online?

Habitualmente, a resposta para essa pergunta vai variar de acordo com a modalidade, valor e prazo do empréstimo que você busca, mas mesmo assim, listamos a seguir duas das melhores plataformas de empréstimo online, com base no Custo Efetivo Total (CET) e dados do Reclame Aqui.

Creditas: com um CET anual entre 12,5% e 60,78%, variando de acordo com os detalhes do empréstimo, a startup brasileira foi quem apresentou as menores taxas de juros. Entretanto, há uma explicação para essa CET tão baixa, para a realização do empréstimo é necessário oferecer uma garantia, seja de imóvel (taxas mensais de juros a partir de 0,75%), veiculo (taxas mensais de juros a partir de 1,39%) ou então fazer um empréstimo consignado privado, onde ele é cobrado diretamente na folha de pagamento.

Geru (correspondente do Banco CBSS e da AndBank): seu CET anual gira entre 26,82% e 157,42%, o que em determinadas situações a coloca próxima da Creditas. Suas principais vantagens são os fatos de necessitar apresentar garantias e o valor do empréstimo poder ir de R$ 2 mil a R$ 50 mil, dependendo da pontuação durante a análise de crédito. Outra vantagem é o pagamento, que pode ser realizado em até 36 parcelas, sendo que a primeira cobrança só é feita 40 dias após a contratação.

Qual banco faz empréstimo para negativado autônomo?

Até o presente momento, nenhum banco oferece a opção de empréstimo para autônomos negativados. Isso se deve ao fato da instituição buscar garantir mais segurança para os negócios, podendo assim oferecer aos seus clientes uma taxa de juros bem reduzida.

Desta forma, os bancos optam por oferecer o plano consignado, englobando apenas aposentados, pensionistas do INSS, funcionários públicos ou de empresas conveniadas. Entretanto há algumas empresas que oferecem essa opção de crédito para os autônomos negativados, como é o caso do Serasa eCred.

Serasa eCred: O Serasa eCred (correspondente bancário do Banco Pan, Banco CBSS, Banco Original, Lendico, Finamax, BV e Santana Financeiras) é a opção para quem é autônomo e se encontra negativado. Todavia, por ser um marketplace (empresa que faz a mediação de atividades de diversas outras) as taxas e condições de contrato variam muito de acordo com as necessidades do contratante.

Em média, o CET anual gira em torno de 26,76% a 605,85%. Com base nessa disparidade entre os valores mínimo e máximo, recomenda-se que se tenha bastante cautela e seja feita uma análise cuidadosa antes de finalizar o empréstimo para evitar sair em desvantagem.

O que é necessário para pedir um empréstimo?

Antes de qualquer coisa, é recomendável esfriar um pouco a cabeça e refletir se a solicitação é realmente necessária, pois apesar de um crédito parecer extremamente vantajoso a curto prazo, pode representar um endividamento ainda maior no futuro. Muitas vezes apenas economizar já supre a quantia buscada e o livra de pagar juros desnecessários.

Caso não haja outra opção, busque fazer orçamentos em todos os bancos, financeiras e empresas online possíveis, sempre buscando a menor taxa de juros. Fique sempre atento ao histórico da empresa e confirme se o endereço eletrônico dela corresponde com o oficial, evitando assim ser vítima de golpes e fraudes.

Em seguida, calcule suas finanças e estime o valor mensal que você poderá desembolsar para pagar o empréstimo. Vale salientar que o valor das parcelas não pode superar 30% de sua renda mensal.

No que se refere a documentação exigida, ela irá variar de acordo com as políticas de cada instituição, mas geralmente é solicitado: RG, CPF, comprovante de residência e renda. Antes de assinar qualquer contrato, leia-o atentamente e se for necessário consulte um advogado ou contador para garantir que seus direitos estão sendo respeitados e que todas 

as cláusulas correspondem com o que foi acordado.

Por fim, ao ter o empréstimo aprovado e creditado, é importante saber administrá-lo bem para que seja empregado da melhor maneira possível e tire você do sufoco.

É possível fazer empréstimo com nome sujo?

A pandemia do Covid-19 fez o Brasil mergulhar novamente em uma crise econômica, onde grande parte da população se endividou e o índice de desemprego cresceu vertiginosamente. Por isso, diversas instituições financeiras ampliaram suas políticas para auxiliar também as pessoas com nome sujo na praça. Vale lembrar que cerca de 30% da população brasileira economicamente encontra-se negativada.

O Banco do Brasil, está oferecendo empréstimos consignados para esse público com juros reduzidos e a primeira parcela somente após seis meses. Como é na modalidade consignado, é necessário que os interessados se enquadrem nos perfis listados anteriormente.

A grande vantagem do empréstimo oferecido pelo BB é que com a redução das taxas, os juros ficam em torno de 2,5% e 3,5% ao mês, bem abaixo do mercado. Ademais, é possível parcelar em até 96 vezes, sendo que o primeiro pagamento só será realizado após 180 dias.

Caso deseje optar por uma financeira, a Crefisa foi uma das pioneiras a conceder empréstimos a funcionários públicos, aposentados e pensionistas sem consulta ao SPC/Serasa. Após analisar o perfil e documentação do interessado, caso a pontuação seja satisfatória, o empréstimo é aprovado e creditado na conta do cliente em até 24 horas. A CET mensal da instituição é de 21,48%, enquanto a dos outros bancos gira em torno de 5%. Tornando-o eficaz apenas em casos de urgência.

Como fazer um empréstimo com juros mais baixos no banco?

Uma dica muito importante para conseguir um bom desconto nos juros de seu empréstimo é buscar realizá-lo em uma instituição que você seja correntista e que possua um bom histórico, pois assim o banco terá mais confiança em você, diminuindo assim os juros.

É importante também estar sempre atento aos valores da concorrência e procurando simular o máximo de cenários possíveis e verificar a taxa de juros de cada um.